Envio Rápido e Frete Grátis para compras acima de R$ 200,00 / Até 7 dias para trocar / Em até 6x no cartão / Blog

11 Mitos Sobre Proteção UV e Radiação Solar

02/02/2017 comentarios
782 visualizações

Confira os principais mitos sobre proteção UV e radiação solar:

 

1- Eu não preciso usar proteção UV em um dia nublado.

MITO! Precisa usar sim! Até 90% dos raios UV atravessam as nuvens, e você pode ficar seriamente queimado se não se proteger.

 

2- Se eu ficar dentro da água, o sol não vai queimar minha pele.

MITO! Mesmo estando a meio metro dentro da água, a radiação UV ainda é de 40% se comparada com a superfície.

 

3- Se eu pegar sol em vários intervalos de tempo, eu não vou ficar com a pele queimada.

MITO! Os efeitos da radiação UV na pele são cumulativos. O dano total a saúde será a soma da exposição de cada intervalo de tempo. Portanto, para se proteger, é necessário reduzir o tempo total de exposição.

 

4- Se eu não sentir os raios queimando a pele, eu não preciso me proteger.

MITO! A queimadura solar é causada pela radiação UV que não é sentida. O efeito de aquecimento é causado pela radiação infravermelha e não pela radiação UV. Então mesmo que você não sinta o calor, você pode sofrer queimaduras.

 

5-  Se eu usar cosméticos ou maquiagens com proteção UV, eu não preciso usar protetor.

Em partes! Alguns cosméticos tem protetor solar, mas eles não servem para o dia inteiro. Um creme com FPS30, por exemplo, só é eficaz no máximo duas horas. Após isso ele deverá ser aplicado novamente. Esteja ciente que a maioria dos produtos cosméticos oferece proteção menor que o recomendado e geralmente não são de amplo espectro (UVA e UVB).

 

6- Nunca usei protetor solar quando era criança, é perda de tempo usar agora.

MITO! Embora a exposição excessiva aos raios UV nos primeiros 10 anos certamente aumenta o risco de melanoma, o que acontece depois disso também é muito importante. Você pode reduzir o risco de câncer de pele em qualquer idade, não importa se você tem 15 ou 50 anos. Basta usar métodos de proteção UV eficientes. Como as roupas da Extreme UV ;) 

 

7- Quando eu estou viajando dentro do carro, eu não preciso me preocupar com queimaduras do sol.

MITO! Os vidros geralmente filtram uma boa parte da radiação UV, mas não bloqueiam completamente, sendo assim, você ainda pode ser queimar mesmo dentro do carro. O que acontece com maior frequência são queimaduras nos braços, por dirigir com o vidro aberto, expondo a pele diretamente a altos níveis de radiação UV.

 

8- Roupas com proteção UV funcionam melhor que protetor solar.

Verdade! A maioria dos protetores solares protegem contra UVB, enquanto uma roupa com proteção UV bloqueia tanto UVA quanto UVB. Portanto o FPS30 de um protetor solar está relacionado apenas ao bloqueio de UVB, enquanto uma camiseta com FPU50 bloqueia, na mesma intensidade, UVA e UVB. Outra vantagem é que o fator de proteção em tecido está sempre ativo, enquanto um protetor solar precisa ser reaplicado em intervalos de no máximo duas horas.

 

9- Em lugares frios e com neve não preciso usar proteção solar.

MITO! A neve reflete até 90% dos raios UV, e a cada 300m que você sobe de altitude, o índice de radiação aumenta em 4%.

 

10- Pessoas com deficiência de vitamina D não devem usar filtros UV.

Em partes! A maioria das pessoas só precisa de alguns poucos minutos de exposição ao sol para sintetizar a vitamina D que o organismo precisa. Logo, as atividades normais do dia a dia são suficientes. Pessoas com pele escura e com deficiência de vitamina D demandam de um pouco mais de exposição. O ultravioleta tipo B é o responsável pela produção de vitamina D na pele, e para manter o nível necessário no corpo é suficiente expor as mãos e rosto ao sol de 2 a 3 vezes por semana durante 5 a 15 minutos durante os meses de verão. Nesse caso, sem usar protetor solar nessas áreas e durante esses breves intervalos de tempo.

 

11- Remédios aumentam a sensibilidade aos raios UV.

Verdade! É o caso de alguns antibiótiocos e também medicações contendo hormônios. Eles podem deixar a pele muito mais sensível à radiação solar. Sempre consulte um médico ou especialista e leia a bula para entender os possíveis efeitos colaterais.

 Mitos sobre UV

 

Comentários
Atendimento Online

Olá, precisa de ajuda?

Ou ligue (47) 3521-2572 e fale com nossos atendentes.